Dora Longo Bahia na 7ª edição do Prêmio Indústria Nacional Marcantonio Vilaça

Ao longo da história, é possível perceber um forte diálogo entre as produções artísticas e as questões sociais. As abordagens e os processos de criação podem ser variados, mas a relação “arte e sociedade” se faz presente com bastante frequência, em diversas produções. Choque, da artista Dora Longo Bahia, é uma dessas produções.

Em sua obra, Dora propõe uma discussão sobre os métodos utilizados pelas forças policiais para, segundo o Estado, estabelecer a ordem pública, agindo muitas vezes com violência. A imagem da obra de arte Choque pode causar estranhamento e nos fazer pensar sobre o que estamos vendo.

O que significa “choque” para você? Observe o trabalho da artista e reflita: o que o título Choque pode representar?

Em meio aos acontecimentos do dia a dia, às vezes não paramos para pensar sobre os motivos que levam um determinado grupo de pessoas a fazer uma manifestação.

Choque, Dora Longo Bahia, 2018. Fonte: portaldaindustria.com.br

Observe a imagem acima. Você já se deparou alguma vez com esta cena nas ruas? Quais sensações ela desperta em você?

Olhando para a imagem desse grupo de policiais, você consegue imaginar o que eles, pessoas por trás desses escudos, estão pensando? Será que o “choque” pode ser para ambos os lados?

Compartilhe com a gente suas percepções sobre a produção artística de Dora Longo Bahia e sobre essa temática tão importante! Use as hashtags #educativofcs e #criarte, e também @fcs.palaciodasartes no Instagram.

Para saber mais sobre a itinerância da 7ª edição do Prêmio Indústria Nacional Marcantonio Vilaça, clique aqui.

Referências:

PRÊMIO INDÚSTRIA NACIONAL MARCANTONIO VILAÇA. Artistas Premiados. Disponível em: www.portaldaindustria.com.br/sesi/canais/premio-marcantonio-vilaca-home/artistas-premiados/. Acesso em: 30 Out. 2020.

DORA Longo Bahia. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2020. Disponível em: http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa10511/dora-longo-bahia. Acesso em: 30 Out. 2020.

Sobre os autores:

Giovane Diniz é licenciado em Artes Plásticas, mestrando em Artes Visuais, artista plástico, professor e mediador cultural na Escola de Artes Visuais do Cefart – FCS.

Nathália Bruno é bacharel e licenciada em Artes Plásticas, especialista em Ensino de Artes Visuais e Tecnologias Contemporâneas, artista visual, professora e mediadora cultural na Escola de Artes Visuais do Cefart – FCS.